se essa rua fosse minha

Se essa rua fosse minha é um projeto realizado em 2013 que procurava por relatos sobre pessoas e suas relações com a cidade, através da sua menor partícula pública, a rua.

 

Esse projeto esteve aberto durante cerca de um ano a qualquer um que desejasse contar a(s) sua(s) história(s)através de textos – um pequeno parágrafos ou quantas páginas achar necessário-,  fotografias, desenhos, pinturas, poesias, letras de música ou qualquer outra forma de expressão. Atualmente ele está pausado e logo serão atualizadas novidades sobre ele.

 

Abaixo podem ser vistos alguns dos relatos recebidos.

 

enviado por Luciano Cartegni

enviado por Elson Sempé Pedroso

PORTO VELHO

 

Oh, Porto Velho!

Dos meus sonhos distantes

O teu dia será bonito

Em teu inverno

Ou verão, tanto faz

Os vizinhos vão comentar

Do seu passado e do presente

E do sol que vai fazer

As nuvens vão protestar.

Oh, Porto Velho!

Dos meus sonhos distantes

O teu dia será bonito

Em teu inverno

Ou verão, tanto faz

Os vizinhos vão comentarDa velha chuva

E do sol que vai fazer

As nuvens vão protestar: -Madeira!

 

* letra da música Porto Velho, de Visitantes, enviada por Fabio Cardelli

enviado por Sergio Carrera

DA ESQUINA

 

Uma esquina.

Um pipoqueiro

Uma pasta atrasada

Um passeio

Por lá passa decertoum homem discreto.

Sobre o mundo: concreto.

Por lá pisam mendigos

Executivos e malandros pisam lá.

Uma esquina.

Um pipoqueiro

A curva reta

O destino do mundo inteiro

Lá da esquina se ouveo estalar dos calçadose os descalçados…

Ouve-se ruídos de motos e buzinas

Risadas, negócios na surdina.

Mas em uma fotografia tudo parece caber

A velha velha a atravessar a rua

O velho cão a atravessar a rua

O velho a atravessar a rua

Prédios velhos e a rua

O olho da ruaA rua

A pobre vida dos pobres

A rica vida dos nobres

A passarela dos malandrose os oficeboys correndo

Em uma fotografia parece tudo caber

A velha velha no segundo andar do edifício

A carroça e o mendigo. Que difício!

A madame e o buraco, quase precipício.

A caixa do correioO lixo e o lixeiroO jeitinho brasileiro

Uma esquina

Um pipoqueiro

A rotina (um pedaço)

O mundo inteiro

 

* autor anônimo

enviado por Marcelo Parducci

enviado por Vicente Carcuchinski