residência são jerônimo

O projeto da Residência São Jerônimo consiste em uma proposição: a partir do convívio com a casa que dá origem ao projeto de residência artística, de sua história e situação atual, percebi seu processo de desligamento e propus um ritual de despedida coletivo,  em que se possa abrir espaço para que novas histórias se passem nessa casa e que se possa também abrir espaço nas nossas casas internas.

Enviei cartas convidando diversas pessoas (que eu possuía alguma ligação, pessoal ou trazida pela casa) a se despedirem de alguém, algo, sentimentos, momento, entre outros, e que sentiam a necessidade de fazer esse diálogo naquele momento. Estes me responderam com relatos pessoais escritos, falados, fotografados ou até mesmo com objetos, trazendo suas experiências pessoais de despedida e me integrando em seus processos.

Agora, em uma última etapa, depois de ter recebido já as despedidas, estou criando diálogos a partir dos relatos recebidos, daquilo que me toca e que temos em comum em nossas despedidas. A partir disso, busco rever as narrativas pessoais em viés de universalidade de histórias, daquilo que é particular mas que também toca a muitos e de diversas maneiras, e nas maneiras em que construímos as nossas próprias narrativas pessoais reais e ficcionais.

* Esse trabalho é parte integrante de uma residência artística com mesmo nome (Residência São Jerônimo), com Alexandre Sequeira, em 2017 em Belém/PA

 

Fotos feitas por mim durante a residência
Uma amostragem das cartas recebidas